19 de Abril de 2011

Obra do Salvador prepara adolescentes para mercado de trabalho

“Esta é uma oportunidade que a Obra do Salvador nos oferece para aprendermos e sairmos daqui preparados para o mercado de trabalho”.


 A afirmação é da estudante Jaqueline Ribeiro Gomes, 17 anos. Ela está cursando a oficina imagem pessoal (cabeleireira, manicure, pedicure, massagem e depilação), inserida no projeto “Construindo O Cidadão”, que é desenvolvido na Obra do Salvador, localizada na Praça Ribeiro do Rosário, Parque Leopoldina.
    
No ano passado, a instituição recebeu do Conselho Municipal para Assistência Social (CMAS) e do Conselho Municipal de Proteção e Direitos da Criança e do Adolescente (CMPDCA) uma verba somada em R$ 581 mil, que financiou os projetos “Construindo O Cidadão” e “Tecendo Oportunidades”.
   
Para Jaqueline, é o mesmo que um curso preparatório. “Estou gostando muito e tenho uma meta que é conseguir um emprego, pois este é o desejo de todos os jovens que querem vencer na vida”, comentou. 
    
Segundo a estudante Vanessa Lima Rosa, 17, na Obra do Salvador não apenas prepara jovens para o futuro, mas passa noções de cidadania. “Sempre faço o meu cabelo em casa e quero me aperfeiçoar para conseguir um trabalho, já que é isso que eu gosto de fazer”, disse.
    
A presidente da Obra do Salvador, Regina Wigand, diz que o CMAS financiou o projeto “Tecendo Oportunidades” que, em 2010, beneficiou 100 jovens de idades entre 17 e 22 anos com oficinas de imagem pessoal, assistente administrativo e operador de comércio. 
    
E o CMPDCA financiou o “Construindo o Cidadão”, destinado a 120 adolescentes de 14 a 17 anos com oficinas de imagem pessoal, confeitaria e salgados, administrador junior, malharia, cuidador infantil e instalações e reparos domiciliares.
    
- O nosso lema é tecer solidariedade para oferece oportunidade. Mais de 70% dos nossos jovens foram contratados por várias empresas parceiras e o resultado é expressivo e positivo -  comentou a presidente, esclarecendo que a finalidade das oficinas é oferecer aos jovens de vulnerabilidade social oportunidades que não vão encontrar nas ruas.


veja também